Escola Secundária Afonso Lopes Vieira (400725)
Rua Francisco Clemente - Rego d'Água, 2419-004 Leiria
direcao@esalv.edu.pt |  secretaria@esalv.edu.pt 

244880000 |   NIF: 600000788

               

Informações Gerais

1.   A BE está organizada em cinco zonas funcionais:

a.   atendimento e tratamento técnico,

b.   consulta e produção multimédia,

c.   leitura individual,

d.   leitura informal,

e.   espaço áudio e vídeo.

2.    Os documentos impressos estão organizados em estantes, por assuntos, de acordo com a classificação da CDU (Classificação Decimal Universal).

Classes   Assuntos

    0        Generalidades (dicionários, enciclopédias, livros de referência...)

    1        Filosofia. Psicologia

    2        Religião

    3        Ciências Sociais

    5        Ciências Puras

    6        Ciências Aplicadas. Tecnologia

    7        Arte. Desporto. Divertimento

    8        Linguística. Literatura

    9        Geografia. História

 

3.    O horário de funcionamento é fixado ou alterado, de acordo com as condições existentes, e a sua divulgação far-se-á à entrada da sala para conhecimento da comunidade educativa.

4.    A responsabilidade pela coordenação dos serviços está a cargo de uma equipa educativa constituída por docentes do quadro de nomeação definitiva da escola, nomeados nos termos definidos pela Rede de Bibliotecas Escolares.

5.    Duas funcionárias asseguram o atendimento na BE ao longo do dia.

 

Regras Gerais de Funcionamento

1.   As mochilas, sacos, malas e outros materiais devem ser deixados à entrada da BE nos cacifos existentes para o efeito. O utilizador deve entrar apenas com o material mínimo necessário à consulta ou ao trabalho a realizar.

2.   O acesso à zona de atendimento só é permitido aos professores e aos funcionários da equipa responsável, sendo interdito aos utilizadores.

3.   Não é permitido alterar a disposição do mobiliário ou do equipamento sem a autorização expressa da equipa responsável.

4.   Para os alunos, a apresentação do cartão de estudante é obrigatória em todas as requisições, sendo o seu uso pessoal e intransmissível.

5.   A todos os leitores exteriores à escola é exigida a apresentação de um documento de identificação.

6.   A permanência nas instalações da BE, enquanto espaço de trabalho e de pesquisa, obriga à adoção de atitudes de civismo, necessariamente conducentes ao respeito pelos utilizadores que aí se encontram.

a.   O utilizador deve:

                    i.   Acatar as indicações dos professores e dos funcionários e contribuir para a manutenção de um bom ambiente no espaço da BE, abstendo-se de falar alto, fazer barulho, comer, beber e fazer uso de telemóveis.

                    ii.   Desligar o som dos equipamentos pessoais, nomeadamente telemóveis e computadores portáteis.

b.   Na ausência dos professores da equipa, as funcionárias de serviço representam-nos e as suas indicações devem ser acatadas pelos utilizadores.

7.   O utilizador tem livre acesso a todos os documentos existentes na sala, exceto cassetes vídeo e áudio, CD-ROM, CD áudio e diapositivos que devem ser requisitados junto das funcionárias.

8.   É expressamente proibido escrever, dobrar, rasgar, riscar os documentos ou danificar de qualquer modo os recursos utilizados (mobiliário e equipamento incluídos). O utilizador é responsável pelos documentos que consulta e pelos recursos que utiliza, devendo zelar pela boa conservação dos mesmos. A sua degradação acarretará a respetiva substituição total ou parcial.

9.   É expressamente proibido retirar qualquer sinalização colocada pelos serviços (cotas, carimbos, placas das estantes e das prateleiras, etc.)

10. As instalações da BE não podem ser consideradas como um espaço equivalente a sala de aula por se regerem por objetivos próprios e precisarem de garantir o interesse comum de todos os utilizadores.

a.   A BE poderá ser requisitada para aulas quando as atividades a realizar impliquem o recurso a materiais e documentos específicos deste serviço.

b.   O professor interessado deverá informar a funcionária com antecedência.

c.   Não é permitida a presença de mais de uma turma em aula na BE.

d.   O docente é inteiramente responsável  pelo seu grupo de alunos, devendo fazer cumprir o regulamento a fim de não perturbar os outros utilizadores presentes.

11. Os alunos saídos da sala de aula por motivos disciplinares podem ser encaminhados para a BE desde que acompanhados de uma proposta de tarefa a desenvolver devidamente identificada em impresso próprio.

a.   Aos alunos neste situação é interdito o acesso aos computadores.

b.   Estes alunos ficam sujeitos ao regulamento da BE e o desrespeito de qualquer norma implica a comunicação imediata à Direção.

12. A consulta dos documentos pode ser viabilizada das seguintes formas:

a.   Consulta de presença.

b.   Leitura domiciliária.

c.   Empréstimo para aula.

d.   Requisição de longa duração.

13. A consulta de presença efetua-se exclusivamente na sala, dentro do horário de funcionamento da BE. Finda a consulta, o leitor deve colocar os documentos no cesto existente para o efeito ou em cima da mesa do atendimento. A arrumação nas estantes será sempre feita pelas funcionárias.

14. É permitida a requisição de documentos impressos para leitura domiciliária.

a.   Ficam excluídas deste regime de empréstimo obras de referência (dicionários, enciclopédias, gramáticas, atlas, catálogos, bibliografias), publicações periódicas, obras esgotadas, raras de grande valor, em mau estado de conservação ou muito suscetíveis de deterioração, obras que sejam alvo de consulta intensiva, obras marcadas com uma etiqueta vermelha e outras que a equipa responsável entenda limitar à consulta de presença. São ainda excluídos todos os documentos em suporte não livro (vídeo, áudio e CD-ROM).

b.   As publicações periódicas só poderão ser consultadas no espaço da BE.

c.   Excecionalmente, os números antigos das publicações periódicas poderão ser emprestados para leitura domiciliária pelo prazo de três dias.

d.   O leitor deve preencher a requisição no balcão de atendimento.

e.   Cada leitor não pode ter em seu poder mais do que duas obras.

f.     O empréstimo efetua-se pelo período de 7 dias úteis renováveis, podendo os responsáveis diminuir esse prazo, desde que a taxa de utilização do documento o justifique.

g.   O leitor perde o direito à renovação do prazo de empréstimo se devolver o documento em causa fora de prazo ou se a CRE dele necessitar para satisfazer outros pedidos.

h.   É proibido ceder a terceiros os documentos requisitados, sejam quais forem os motivos invocados.

i.      Os documentos requisitados no dia de aulas imediatamente anterior às férias de Natal, Carnaval e Páscoa devem ser devolvidos no primeiro dia de recomeço das aulas.

j.     Os documentos deverão ser devolvidos até uma semana antes do encerramento do ano letivo.

15. O CRE possibilita ainda o empréstimo de documentos para utilização na sala de aula.

a.   O utilizador deve preencher a requisição com antecedência, indicando a hora em que o documento será utilizado.

b.   O documento deverá ser levantado no intervalo anterior à aula.

c.   O utilizador fica obrigado à devolução no final da aula.

16. Entende-se por requisição de longa duração o empréstimo de publicações pelo período de um ano, renovável.

a.   Este tipo de requisição é direito exclusivo dos departamentos curriculares e dos projetos, ficando obrigatoriamente uma pessoa pertencente à unidade requisitante responsável pela obra.

b.   A equipa responsável pelo CRE faz o inventário das obras em regime de requisição de longa duração no período que decorre entre o fim do ano letivo e o início do ano letivo seguinte.

17. O espaço de consulta e produção multimédia dispõe de computadores e scanners cujo acesso é possível mediante requisição feita na zona de atendimento.

a.   Os utilizadores não podem usar os computadores sem prévio conhecimento do professor ou do funcionário de serviço, devendo, para o efeito, preencher a respetiva ficha, indicando a data e a hora de utilização, o nome, o número, a turma, o computador que vai utilizar e a finalidade da utilização.

b.   A reserva do computador pode ser feita com a antecedência de 24 horas.

c.   O tempo de utilização é de 30 minutos, prolongáveis se não houver outras inscrições.

d.   Não é permitida a utilização dos computadores durante os intervalos.

e.   Só é permitida a permanência de dois utilizadores por computador, no máximo.

f.     Os computadores nunca devem ser desligados. No caso de ocorrer alguma anomalia, os utilizadores nunca devem tentar resolvê-la mas sim informar a funcionária ou o professor de serviço.

g.   Os computadores só podem ser utilizados tendo em vista a realização de trabalhos escolares.

h.   Os equipamentos disponibilizados só podem ser utilizados para atividades legais. A consulta usando a Internet deve ter como objetivo a pesquisa, a informação e a formação, pelo que não é permitido o acesso e visualização de sites considerados contrários aos objetivos de formação da escola.

i.      Não são permitidos jogos.

j.     O utilizador deve requisitar o software que pretende utilizar, entregando o cartão de estudante à funcionária, durante o período de utilização.

k.   Não é permitido alterar qualquer configuração dos computadores ou do software neles instalado.

l.      Os utilizadores não podem, sob pretexto algum, instalar software nos computadores, incluindo aquele que for obtido através da internet.

m.   A consulta de conteúdos que contenham registos sonoros obriga ao uso de auscultadores.

n.   O CRE não assume qualquer responsabilidade relativamente à conservação da informação que os utilizadores gravem no disco duro do computador, reservando-se o direito de, sem aviso prévio, eliminar ficheiros para manutenção dos equipamentos informáticos.

o.   Para utilização da impressora, os utilizadores devem proceder da seguinte forma:

i.    Solicitar autorização para imprimir.

ii.   Após a autorização, dar ordem de impressão, verificando sempre o número de cópias pedidas (mais do que uma cópia de cada documento carece de autorização expressa da Direção).

iii. Solicitar à funcionária as indicações necessárias para o pagamento.

iv. Efetuar o pagamento na Reprografia, de acordo com a tabela em vigor.

v.   Levantar as impressões junto da funcionária da BE.

vi. As impressões de documentos oficiais devem ser sempre requisitadas pelo professor responsável pelo trabalho.

18. O espaço áudio e vídeo dispõe de uma capacidade limitada, pelo que não pode ser utilizado por turmas completas.

a.   O utilizador deve requisitar os equipamentos e os documentos junto da funcionária, entregando-lhe, durante o período de utilização, o cartão de estudante.

b.   O equipamento de leitura áudio pode ser utilizado em todas as zonas do CRE. É obrigatório o uso de auscultadores.

c.   O utilizador só deve dirigir-se ao espaço vídeo se dispuser de, pelo menos, 30 minutos livres.

d.   O visionamento só é permitido a um máximo de seis utilizadores. É obrigatório o uso de auscultadores.

e.   Só é permitido o visionamento de documentos pertencentes ao acervo do CRE.

19. A zona de leitura informal dispõe de um número de lugares limitado e destina-se prioritariamente à leitura das publicações periódicas e dos livros de banda desenhada disponibilizados neste espaço.

a.   Só é permitida a permanência de um utilizador por sofá.

20. A fotocopiadora pertencente ao CRE destina-se exclusivamente a efetuar cópias de fontes documentais existentes neste espaço.

21. Todas as impressões e todas as fotocópias são obrigatoriamente pagas pelo utilizador. Os preços dos serviços de fotocópia e impressão serão afixados anualmente.

22. O papel da impressora destina-se apenas à impressão e não deve ser utilizado para outros fins.

 

Infrações

1.   Em caso de comportamento incorreto ou perturbador, serão seguidos os seguintes procedimentos:

a.   O utilizador será advertido e solicitado a modificar o comportamento.

b.   Caso o comportamento se mantenha ou seja reincidente, o utilizador será convidado a abandonar o espaço da BE.

c.   Os factos que deram origem a este procedimento serão comunicados por escrito ao Diretor de Turma ou à Direção que procederão de acordo com o Regulamento Interno da Escola.

2.   A equipa coordenadora do CRE poderá determinar a suspensão imediata da utilização dos computadores por um utilizador por incumprimento das presentes normas ou por o mesmo exibir comportamentos considerados prejudiciais ao bom funcionamento do CRE

3.   O uso indevido do acesso à Internet implica a pena de um mês de interdição.

4.   Os atrasos na devolução dos documentos cedidos em regime de empréstimo domiciliário implicam o pagamento de uma taxa de 50 cêntimos por cada dia de atraso e por cada obra retida. A totalidade das importâncias recebidas destinar-se-á à aquisição de material para o CRE

5.   Os atrasos na devolução dos documentos cedidos para utilização na sala de aula implicam o pagamento de uma taxa de 20 cêntimos.

6.   Não são concedidos novos empréstimos aos utilizadores responsáveis por perdas ou danos em documentos, equipamentos ou mobiliário enquanto o CRE não for indemnizado do prejuízo.

7.   Das ocorrências referidas nos pontos 2. 3. e 6. será sempre feita participação ao Diretor de Turma.

 

Disposições Finais

Todos os casos omissos serão resolvidos pela equipa coordenadora, agindo de acordo com as normas em vigor na escola.